Sunday, October 16


Só quando estamos longe daqueles que amamos é que lhes damos o devido valor, a eles e a todos os momentos que com eles passámos. Sem dúvida alguma que só agora me apercebo de como certas pessoas me fazem uma falta enorme e de como o tempo que estou com elas passa demasiado rápido.

24 comments:

carina said...

bem...bem verdade

MarcelaMaia said...

Não deve ter dado para seguir :s

Sara Patricia said...

obrigada, eu tambem vou seguir'
que verdade, só quando estamos longe é que nos apercebemos o quanto precisamos dessas pessoas.

Refugiada said...

Pois é, mas a vida nunca se mostrou fácil para ninguém. Ou pelo menos para a maior parte da pessoas.
Obrigada, também te sigo.

M. said...

true

Maria Inês said...

É tão verdade o que escreves querida, mas ainda há pessoas que não têm consciência disso :x

MarcelaMaia said...

Agora já apareces nos meus seguidores ;)

Sara Patricia said...

e o pior é quando não podes fazer nada para estar perto delas outra vez :S

Maria Inês said...

A mim a distância afeta-me todos os dias princesa, mas sabes? Pior do que estarmos longe e sentirmos saudades, é estarmos perto e continuarmos a senti-las $:

Maria Inês said...

Eu compreendo-te bem querida, mas não desanimes. És forte e serás capaz de ultrapassar essa "saudade". Um beijo :)

Sara Patricia said...

não ha nada a fazer querida :s

Maria João said...

O tempo passa demasiado rápido e nós não o sabemos aproveitar, às vezes...

Maria Inês said...

De nada minha linda, estou aqui para tudo (:

joanarocha said...

Grande verdade!

Maria Inês said...

Obrigada querida :D

adriana rodrigues said...

totalmente verdade.

Sara Patricia said...

quem me dera que não fosse assim :/

Sara Patricia said...

infelizmente não querida :s

Maria Inês said...

Claro que tenho querida, é ótimo ter seguidoras como tu :D

© hurricane said...

ora nem mais!

APF said...

q grande post!!

adriana rodrigues said...

é pena que assim o seja querida \:

Daniela said...

COMPLETAMENTE !
Antes, nem "valor" dava e agora, sinto tanta falta da mera e descabida preocupação com que me abordavam .

Beatriz Silva said...

Eu dou o devido valor às pessoas que amo. Mas é verdade que quando elas estão longe, muito longe, nós nos apercebemos que o tempo que estivemos com ela passou bem mais depressa do que o tempo que estamos sem ela :)